Pages Menu
TwitterFacebook
Categories Menu

Posted by on jul 16, 2013 | 0 comments

Como usar a drenagem de forma inteligente

Como usar a drenagem de forma inteligente

Fala-se de suplementos e fitoterápicos que prometem nos fazer eliminar o excesso de líquidos. A Emilio Minelli, Vice-Diretor do Centro OMS de Medicina Tradicional, da Universidade de Milão, perguntamos como você pode usá-los para obter os melhores resultados, sem correr riscos desnecessários. Acompanhe nos 6 ítens que seguem.

1 –  O que fazer?

Em primeiro lugar, beber muita água (pelo menos dois litros por dia) ao rítmo de meio litro por vez: isso exerce uma ação mecânica sobre os rins que faz com que eles funcionem melhor. A preparação da drenagem, assim, atingirá o máximo de eficácia.

Beber ao menos 1,5l de  água ao dia

Beber ao menos 1,5l de água ao dia

2 – A alimentação?

Fique atento! É preciso privilegiar os alimentos ricos em potássio e magnésio (como as bananas) que, modulando e contrastando a ação do sódio, favorecem a eliminação da água. Atenção! É preciso limitar o açúcar: eles retém líquidos.

3 – Como regular a dosagem?

Respeitando sempre aquelas prescritas, porque exagerando se ameaça minar o tratamento e ter efeitos indesejados. Com o drenantes é preciso ter muita paciência: Os resultados são muitas vezes lentos, mas nessas condições podem ser de longa duração.

4 – Como se orientar?

– Não as auto-prescrições!

– Não para os produtos de origem duvidosa! As embalagens devem ter a autorização do Ministério da Saúde.

– Não abandone os tratamentos tradicionais, sem falar com o seu médico!

– Não improvise ervanários! Ou seja, nunca use de ervas espontâneas pegas nos campos para fins terapêuticos.

– Não consuma-os (a menos que eles sejam prescritos) durante a gravidez, lactação e doença! Nestas fases metabolismo está alterado e os efeitos não são previsíveis.

5 – Uma ajuda natural: para comer

– Salada de folhas e legumes verdes: pelo alto teor de magnésio e potássio

– Cebolas: tanto cruas e cozidas (na sopa), são excelentes diurético natural

– Algas: elas são ricas em iodo, que estimula as funções do organismo. Evitar se você tem problemas de tireóide.

6 – A ajuda natural: para beber

– Malva: purificante e anti-inchaço, junto com verbena é ainda mais eficaz

– Urtiga: É muito diurética e ajuda a eliminar os resíduos ácido do metabolismo

– Cavalinha: particularmente rica em minerais, é a base de muitas preparações anti-celulite.

Cavalinha, Cebola, Malva Urtiga

Cavalinha, Cebola, Malva Urtiga

Vamos lá meninas! Vamos enxugar tudo! Gostou? Compartilha! Comenta!

Comentários

comentários

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *